Venha ver a minha Bruxelas – I

Vou mostrar-vos a Bruxelas que eu vejo nos meus passeios à hora de almoço. São trajectos em média de uma hora, sempre a pé, registando o que vejo com o meu telemóvel. Todos os percursos começam na Rue de La Loi, junto à estação de metro Art-Loi. Esta série de percursos terá 6 publicações.

O primeiro percurso é pelo bairro de St. Josse até à Rotunda de Schuman, passando pelo Square Marie-Louise.

Partindo da Rue de La Loi e descendo a Rue des Deux Églises, estamos em pleno bairro de St. Josse, onde frequentemente vou à feira às quintas-feiras. Bruxelas, como toda a Bélgica, mantém a tradição dos mercados de rua e quase todos os bairros têm um, pelo menos uma vez por semana. Gosto do ambiente destes espaços, de poder caminhar, ir vendo, às vezes experimentando, e algumas vezes comprando, o que me agrada ou faz falta.

Esta é a commune de Bruxelas com a mais forte densidade populacional e a mais baixa média de idades da Bélgica e um altíssimo número de diferentes nacionalidades. É multifacetada e multicultural.

Como por todo em lado em Bruxelas, St. Josse também exibe bonitos grafites nas paredes dos prédios. Este fica na Chaussée de Louvain, virado para a Praça de St. Josse.

Do património religioso há que destacar a Igreja de S. Josse, de estilo neo-barroco. Situa-se no final da Rue des Deux Églises (Rua das Duas Igrejas), sendo que a sua irmã é a Igreja de S. Joseph, situada na Praça Frère Orban, em quase linha recta. Iremos visitá-la no segundo percurso desta série.

Igreja de S. Josse

A construção iniciou-se em 1864 e finalizou-se em 1891. Em 1943, durante a II Guerra Mundial, os ocupantes alemães retiraram os sinos da igreja, que só foram repostos em 1952.

O interior tem influência neo-gótica, com várias colunas e uma nave principal, banhada pela luz que entra pelos vitrais. O altar é de forte influência Arte Deco, um estilo de arquitectura e design internacional que começou na Europa em 1910.

Se tiver fome, La Mamma é o restaurante onde tem de ir se quiser almoçar por estes lados e gostar de comida italiana. Excelente comida, serviço personalizado, é tudo tão bom que está sempre cheio e tem que marcar mesa com antecedência. A Rue des Deux Églises está cheia de restaurantes, com cozinha de vários cantos do mundo pelo que se não quiser ou não puder ir ao La Mamma, não vai passar fome de certeza.

Dizendo adeus a St. Josse, sobe-se a Rue de la Pacification e no final estamos frente ao bonito jardim com lago e repuxo do Square Marie-Louise. Quando está bom tempo, este jardim é local de paragem de quem quer almoçar uma sandes ao sol ou simplesmente espairecer o olhar e descansar frente ao tranquilo lago, olhando os patos que lá moram.

Originalmente a praça era composta por casas e palacetes particulares de estilo ecléctico, aqui e ali de estilo flamengo renascentista e, por vezes, neo-clássico, construídas entre 1886 e 1900. Dizem os arquivos históricos que os nos 1 a 15 foram os primeiros a ser construídos, entre 1886 e 1890, à excepção dos nos 7 a 10, que são anteriores a 1866. Infelizmente, foram demolidos entre 1924 e 1956.

Square Marie Louise

Square Marie-Louise é rico em Art-Nouveau (Arte Nova), um movimento artístico do fim do século XIX e do início do século XX, do qual o pioneiro e mais famoso arquitecto belga é Victor Horta.

Seguindo em direcção a Schuman, indo ao encontro da sede da Comissão Europeia, passo por vários bons restaurantes e pubs irlandeses, nos quais a zona é rica. The Meeting Point é um ponto de encontro multicultural, onde tanto se encontra cerveja belga como irlandesa, oferecendo espectáculos de musica à noite. Em dias de sol e calor a esplanada está sempre cheia.

The Meeting Point . Rue du Taciturne

Tomando a Rue Stevin podemos admirar a arquitectura do bairro, fortemente influenciada pelo estilo renascentista flamengo.

Se aprecia comida indiana anote a morada do Spicy Grill. Quando a metereologia é amiga pode-se comer no jardim.

Na aproximação a Schuman dois excelentes pubs irlandeses, o Kitty O’Shea’s e o The Old Hack, ambos com muito bom ambiente e muita animação em dias de jogo, festas do Halloween e no Saint Patrick’s Day, o patrono da Irlanda. Se quiser comer português recomendo o Tiago’s, com um menu diversificado onde também se encontram pratos belgas e outros, numa sala bem decorada. Se lhe apetecer tão somente um bom café português pode fazê-lo na ante-sala do restaurante, com vista para a rua Archimède.

Daqui já se avista o Berlaymont, edifício sede da Comissão Europeia. É dia 10 de Setembro de 2019 e a presidente eleita da Comissão, Ursula von der Leyen, anunciou esta manhã a composição do novo Colégio de Comissários 2020-2025 e o recinto está fortemente povoado de câmaras e jornalistas.

Bandeira da União Europeia

É neste edifício que se encontram os 27 Comissários e as suas equipas, para além de outros serviços da Comissão Europeia. O edifício é aberto ao público uma vez por ano para mostrar a actividade da Instituição e comemorar o Dia da Europa, a 9 de Maio.

Pode ler-se na Wikipédia que “O edifício foi construído durante a década de 1960, a fim de acolher a sede da Comissão Europeia. O Estado belga tencionava alojar o edifício o mais próximo possível do centro da cidade, pelo que teve de comprar um terreno de dois hectares na parte final da “Rua da Lei”. Este prédio pertencia até então ao convento das Dames du Berlaymont”, de onde provém o seu nome actual.

Edifício Berlaymont

A Rotunda de Schuman deve o seu nome a Robert Schuman, o arquitecto do projeto de integração europeia e fundador do que é hoje a União Europeia.

Em frente encontra-se a sede do Conselho Europeu e o novo edifício ao lado, famoso por ter um vaso gigantesco no seu interior.

Novo edifício do Conselho Europeu

É aqui que se decide muito do que será o Futuro da Europa e onde termina o primeiro percurso desta série. À bientôt / Tot ziens 🙋‍♀️

Rua da Lei/Rue de la Loi

🌐 MAPA DO PERCURSO

2 thoughts on “Venha ver a minha Bruxelas – I

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s