À descoberta do Norte da Holanda

Já pensou que a Holanda é muito mais do que Amesterdão? Nós escolhemos ir para norte, andámos por lá quatro dias e vamos mostrar as belezas que encontrámos.

A primeira paragem foi em Giethoorn. É um lugar de conto de fadas, com lindíssimas casas de telhado de colmo e jardins debruçados sobre as águas dos inúmeros canais que ligam as casas. A circulação de carros é interdita e reina a calma.

Há duas maneiras de visitar Giethoorn: de barco e a pé.

Pela manhã fizemos o passeio de barco. Escolhemos uma simpática e confortável embarcação a motor e lá fomos nós deslizando pelos canais a fora. É muito difícil descrever a sensação de estar em Giethoorn, o espanto a cada curva de canal, a tranquilidade que nos invade.

A viagem de barco é muito cénica, permitindo dar a volta ao lago Bovenwijde e visitar a ilha situada no centro do mesmo.

Ao final da tarde, quando a maioria dos turistas já tinham partido e o sol deu ar da sua graça, fui passear a pé. A perspectiva da vila é diferente. Há quem diga que as melhores fotografias são aquelas que se tiram do barco. Confesso que estou dividida porque acho que alguns dos melhores registos que tenho foram feitos a partir das pontes de madeira. Como este, das casas com janelas azuis e hortenses a condizer.

Giethoorn ao Pôr do Sol

É a esta hora do dia que os restaurantes existentes ao longo dos canais estão com menos clientes e oferecem um fabuloso fim de tarde, podendo-se desfrutar calmamente da paisagem e saborear uma refeição ou simplesmente beber um copo para celebrar um dia bem passado.

O segundo dia foi dedicado a Groningen (Groninga em português), cidade do país com a mais jovem população. Canais, barcos, gaivotas, monumentos, história, comércio e espaços verdes, tudo isto Groningen tem para oferecer. Vale a pena conhecê-la, a pé ou de bicicleta. Se gosta da tranquilidade dos passeios de barco alugue um ou compre bilhete para um pequeno cruzeiro. Em qualquer dos casos a diversão é garantida.

Um passeio a pé leva-nos pelas pitorescas ruas de Groningen, com edifícios de fachadas flamengas, muito floridas e com esplanadas, onde se respira o descontraído espírito holandês. A cor, a alegria e o bom gosto dos holandeses também aqui se fazem sentir.

O restaurante mofongo e sua esplanada são uma excelente opção para uma refeição ou simplesmente para tomar uma bebida a caminho da Universidade.

Café-restaurante Mofongo

Grote Markt, a praça principal, é um animado centro cultural e comercial. Às Terças, Sextas e Sábados aqui tem lugar um Mercado de Frescos. A praça é dominada pela Torre de Martinho (martinitoren). Arranjámos coragem e subimos à torre, galgando os 260 degraus que levam ao varandim de onde se tem uma vista de 360º sobre a cidade.

 A Torre Martini mede 96,8 metros de altitude e foi construída no séc. XV.
Inicialmente tinha 127 metros mas em 1577 um incêndio destruíu 69 metros.
A torre foi recuperada em 1627, ficando com a altura que tem nos dias de hoje.

Se a subida à torre for muito cansativa pode sempre ir comer e descansar ao Goudkantoor (em português “Antigo escritório”, a sua antiga função), um edifício lindíssimo construído em 1635 junto à Praça principal, actualmente transformado em restaurante.

Forças restauradas e pode lançar-se às compras. As principais ruas comerciais são Zwanestraat, Gelkingestraat, t’Jatstraat e Steenstilstraat. A Herestraat acolhe as marcas mais prestigiadas e a Folkinestraat está repleta de lojas de produtos locais.

Groningen é uma movimentada cidade universitária, com cerca de 50 000 estudantes, o que representa 26% da população. A sua universidade foi fundada em 1614 e é a segunda mais antiga e a terceira maior da Holanda.

O terceiro dia foi passado a explorar diversas paragens na costa norte da Holanda. A primeira etapa foi o porto de Lauwersoog. Ficámos por lá algumas horas a ver os barcos, a azáfama dos marinheiros, as gaivotas e o mar.

Depois de almoçar na esplanada do Clube Náutico rumámos a Eemshaven para visitar o moinho de vento de Goliath.

Goliath, o moinho construído em 1897

Pelo caminho encontrámos vários outros moinhos, muitas manadas de vacas e rebanhos de ovelhas.

A passeata acabou em beleza. Fomos avistar focas em Punt van Reide, uma ponta de areia do rio Dollard. Estacionado o carro num improvisado parque de estacionamento fizemos a pé o percurso de cerca de 1 quilómetro para chegar ao ponto de onde se avista a comunidade de focas. É incrível poder vê-las de tão perto e observar as mães a ensinarem as crias a nadar e a alimentarem-se. O melhor mês para ir ver estes ternurentos animais é em Julho.

No último dia, se ainda tiver tempo, vá beber um excelente café ao blackandbloom ao antes de iniciar o seu regresso a casa. O proprietário, Gerben Engelkes, aconselhará, com muito prazer, sobre qual o melhor café no momento e de acordo com as preferências do cliente. Todos os cafés servidos na casa são preparados com grãos frescos, que Gerben mói manualmente na hora de servir. Nós erámos três, pedimos cafés de origens diferentes, uns expresso outros longos, e todos ficámos contentes com as escolhas.

Como o Black & Bloom se situa numa das mais movimentadas e comerciais ruas de Groninga estar sentada na sua pequena esplanada é também uma oportunidade para apreciar o vaivém da cidade e fazer uma compra para trazer no regresso a casa.

Black & Bloom
‘t Jatstraat 32

QUANDO VIAJAR PARA O NORTE DA HOLANDA

Fomos em Julho. Eu diria que a melhor altura para visitar o norte da Holanda é no Verão, entre Junho e meados de Setembro, quando as temperaturas são amenas e as flores estão por todo o lado, tanto na cidade como no campo. Dão um colorido e um perfume muito especiais à paisagem.

Prepare-se, no entanto, para dias enevoados e com chuva, intercalados com dias de sol. Ou tudo isto no mesmo dia.

O inverno é frio e os canais podem estar congelados e interditados à navegação.

☀️ METEOROLOGIA NA HOLANDA

www.accuweather.com/en/nl/netherlands

😴 ONDE DORMIR

Giethoorn: há vários hotéis na cidade e mesmo à beira dos canais. A nossa opção foi para o aluguer de uma casa, onde podemos conviver em família, preparar as nossas refeições e conversar calmamente no jardim, com vista para 0 canal mais próximo.

Gronigen: a informação é idêntica à que dei no parágrafo anterior. Também aqui ficámos num apartamento.

🍴 SENTADOS À MESA

Na Holanda a escolha de restaurantes é enorme, para diferentes gostos gastronómicos e diferentes bolsas. Existem McDonald’s na cidade, permitindo uma refeição mais barata.

🚍 TRANSPORTE

Em Giothoorn, os locais de aluguer de barcos são vários, fáceis de encontrar e a oferta de embarcações é diversificada. Os preços dependem do tipo de barco que escolher e da duração do passeio. Se gosta de controlar o seu tempo de passeio e conduzir um barco é um prazer para si, tem à sua disposição barcos a motor ou a remos. Se é mais do tipo “deixar-se conduzir” opte por um cruzeiro nos canais.

Em Groningen, pode usar os serviços de bootgroningen se quiser fazer um cruzeiro. Os barcos desta companhia não são cobertos. Se preferir jogar pelo seguro e manter-se seco em dias de chuva escolha a rondvaartbedrijfkool

Se quiser visitar Groningen de bicicleta pode alugar uma na fietsverhuurgroningen.com

💡 DICAS

  • Os bilhetes para visitar a Torre Martinho vendem-se no Posto de Turismo,situado na Grote markt (praça principal).
  • Há vários museus na cidade: Museu do Grafitti, o Museu de Gronigen, o Museu da Banda Desenhada e o Museu Náutico.
  • Se quiser sair à noite, deixo as sugestões que nos foram dadas sobre alguns pubs na cidade: the-pintelier-belgian-cafe, o cafewolthoorn e o cafesoestdijk Não fomos a nenhum deles pelo que não podemos dar a nossa opinião sobre o ambiente.
  • Se estiver a viajar com crianças existem várias actividades para elas. Para planear as suas saídas veja a informação disponível em: www.visitgroningen.nl/en/things-to-do/groningen-for-kids

2 thoughts on “À descoberta do Norte da Holanda

  1. Não sou viajante.
    Na verdade tenho fobia de viagem com muita pena minha.
    O Laurear o queijo compensa pois nele podem-se fazer belas viagens.
    A dada altura parece que estamos lá…
    Obrigada

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s