Roteiro Haia: entre a praia e os museus há muito para fazer!

Haia tem o encanto das tradicionais cidades holandesas e um toque de modernidade que nos cativa. É o lugar perfeito para um longo fim de semana citadino com um pézinho na areia da praia. Vou mostrar-vos o que fizemos na nossa estadia de 3 dias.

Dia 1 – O dia começou com um mergulho na piscina e muita sauna que nos deram energia para enfrentar o dia. Seguiu-se o Panorama Mesdag. Talvez seja a pintura mais conhecida do famoso pintor holandês Hendrik Willem Mesdag. Descrever esta experiência é tarefa complicada. Imaginem-se num miradouro a observar uma povoação à beira mar. Neste caso, Scheveningen no final do século XIX, pintada em painéis gigantes que oferecem uma vista de 360º. A nossos pés a areia fina das dunas e à nossa volta a bela paisagem que esta foto tenta humildemente mostrar-vos.

Panorama Mesdag

Haia, ou Den Haag em holandês, é uma cidade exuberante de vida, museus, lojas que parecem museus e muitas bicicletas, como não poderia deixar de ser na Holanda. O rei mora aqui, mas não conseguimos arranjar um buraquito na nossa agenda para o receber. Havia tanta coisa que queríamos ver e fazer nestes três dias.

Aqui vos deixamos as nossas impressões fotográficas da cidade.

O edifício Bijenkorf, Wagenstraat, 32

Dia 2 – De manhã fomos à praia. Agasalhadinhos, claro está, que as temperaturas do Fevereiro não convidam a outra coisa. O sol brilhava e a animação era bastante, com muita gente a passear-se à beira-mar, os restaurantes cheios, música e lojas abertas.

A Praia de Scheveningen

À tarde visitámos o Museu M.C. Escher

Conhece Maurits Cornelis Escher e a sua obra? Escher é um artista gráfico holandês nascido a 17 de Junho de 1898, em Leeuwarden. Morreu em Laren, em 1972. Tornou-se conhecido e famoso pelas suas obras de “construções impossíveis”, surrealistas e misteriosas, tais como Subindo e Descendo e Relatividade.

É um artista com uma mente geométrica e uma espantosa imaginação. Mestre da arte do desenho. As suas criações estão à nossa disposição no antigo Palácio da Rainha Emma. O edifício é uma pérola arquitetónica. O último piso é interactivo e super divertido. Adorámos!

O site do museu está traduzido em várias línguas (Espanhol, Italiano, Francês, Inglês, Alemão, Hoelndês, Japonês e Chinês: www.escherinhetpaleis

Horários e precário encontram-se disponíveis no site.

Castrovalva, litografia, 1930

Há quem chame ao conjunto das suas 470 obras de arte o Mundo Impossível de Escher, um mundo transbordante de imaginação e ousadia.

As víboras
Alameda de acesso ao museu

A temperatura estava amena e resolvemos dar uma curta passeata pela cidade ao final da tarde. Haia é uma cidade que casa bem o antigo e o moderno. O resultado é o que aqui vêm. Em primeiro plano o Binnenhof , que em português se pode traduzir para pátio interior, é um complexo de edifícios no centro da cidade de Haia, ao lado do lago Hofvijver. É a sede histórica do Parlamento e do Governo dos Países Baixos. Aqui se debatem os assuntos do país desde há mais de 400 anos. Um conjunto arquitectónico cheio de história e de grande beleza.

As casas tradicionais ao longo do canal vivem em harmonia com os modernos arranha céus

O Binnenhof é de acesso livre e pode ser atravessado a pé ou de bicicleta, o mais popular veículo de transporte na Holanda. Em movimentados dias de trabalho do Governo pode cruzar-se com parlamentares, jornalistas e câmaras de televisão. No nosso passeio de fim de semana apenas turistas e residentes povoavam o espaço.

Dia 3 – Casa de Maurits

Mais uma incursão pela cultura holandesa. Fomos à Casa de Maurits movidos por três razões: ver a Rapariga com Brinco de Pérola de Vermeer, o Pintassilgo Dourado de Fabritius e a exposição de um grande mestre da pintura flamenga, Rembrandt.

Johan Maurits mandou construir o seu palácio mesmo ao lado do Binnenhof, onde passou a viver a partir de 1644, no seu regresso do Brasil, onde foi governador da colónia holandesa. Aí albergou a sua colecção de obras de arte, onde se incluem 16 quadros de Rembrandt.

.mauritshuis

Como as imagens, e as pinturas, valem mais que mil palavras deixamo-vos com as fotos. Não sem antes vos dizer que achámos o edifício esplendoroso.

Casa de Maurits
Clássica arquitectura holandesa do séc. XVII, caracterizada por colunas, capitéis, corniches e frontões.
Rapariga com Brinco de Pérola, JanVermeer, 1665
Pintassilgo Dourado de Fabritius 1654

Final da visita a Haia, onde certamente voltaremos um dia. Beijos e abraços. Hartelijke groeten.

⛅ QUANDO VIAJAR PARA HAIA

Todas as alturas são boas para ir a Haia. Tudo depende das suas preferências. Os invernos são bastante frios, por vezes com temperaturas negativas. O tempo mais quente vai de Junho a Setembro.

🌞 METEOROLOGIA EM HAIA

www.accuweather.com/en/nl/the-hague

www.quandoir.pt/paises-baixos/haia

😴 ONDE DORMIR

O Hotel Bildelberg Europa foi a nossa escolha para estes três dias por dispor de piscina, sauna e estar muito bem situado face à praia e com fáceis acessos ao centro de Haia por eléctrico.

bilderberg.nl/en/den-haag/europa-hotel-scheveningen/

🍴 SENTADOS À MESA

Em Haia a escolha gastronómica é grande. Desde excelentes tostas e saladas até restaurantes com Estrela Michelin, encontra de tudo. Nós variámos muito e fomos desde a refeição MacDonalds à beira-mar até um restaurante de cozinha francesa.

Após cerca de 30 anos de visitas à Holanda, finalmente provámos o arenque fumado numa roulote de rua. Agradável surpresa. O sabor é forte, por isso aconselhamos a comprar apenas um e, se gostar, pode repetir.

€ PREÇO MÉDIO POR REFEIÇÃO É DE 20 euros

🚍 TRANSPORTES

Há duas maneiras muito práticas e baratas de se deslocar em Haia: de bicicleta ou de eléctrico. As deslocações de carro tornam-se caras devido ao elevado custo dos parques de estacionamento.

Se escolher andar de eléctrico aconselho a que compre um cartão recarregável ou um de curta duração:

1 dia public-transport-holland.com/product/the-hague-day-ticket/

1 – 3 dias tickets-for-short-stays-of-1-to-3-days

cartão OV recarregável the-public-transport-smartcard-ov-chipkaart

4 thoughts on “Roteiro Haia: entre a praia e os museus há muito para fazer!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s